Conceitos básicos sobre o jQuery


jQuery é uma biblioteca em JavaScript* projetada para simplificar as interações via script com o DOM. Ele provê uma API em plataforma cruzada que mascara as diferenças entre as diversas APIs de runtime e provê um framework fácil de utilizar para o desenvolvimento de JavaScript não intusivo.

No coração do jQuery está a engine de seletores Sizzle engine. Para promover uma clara separação de código JavaScript do markup em HTML markup, os seletores do jQuery permitem que você recupere com facilidade os elementos desejados do DOM, para realizar operações com eles, em vez de ter que embutir operações dentro dos próprios elementos HTML.

A sintaxe típica de uma operação com o jQuery é:

$('selector').method();

A função principal do jQuery(), ou simplesmente $(), aceita uma string contendo uma expressão de seleção, e retorna um objeto jQuery que contém uma coleção de elementos DOM correspondentes à seleção. O jQuery provê diversos métodos para atravessar documentostratar eventosAjax, manipulação de CSS e DOM, e animações que podem ser aplicados a cada um dos elementos DOM correspondentes que são retornados por uma consulta. Alternativamente, uma função personalizada pode ser mapeada para a coleção utilizando o método each(). Muitos destes métodos retornam a coleção original de elementos correspondentes, então operações múltiplas podem ser encadeadas de forma conjunta, produzindo um código muito eficiente e compacto:

/* encadeado */
$('selector')
    .method1()
    .method2()
    .method3();
/* não encadeado */
$('selector').method1();
$('selector').method2();
$('selector').method3();

O jQuery também fornece métodos para filtragem que reduzem a coleção de elementos correspondentes a uma lista que atenda ao critério de filtragem. Estes métodos retornam um novo objeto jQuery contendo o subconjunto filtrado de elementos, que pode então ser operado através de métodos adicionais do jQuerry.

Finalmente, o jQuery fornece um evento $(document).ready() para que seu código possa ser executado tão logo o DOM tenha sido completamente construído e esteja pronto para ser processado. Comparado ao evento load padrão, o evento ready não precisa aguardar que todos os ativos tenham tido o download completado e a página completamente renderizada para que seja disparado.

Para informações adicionais sobre o jQuery, dê uma olhada nestes excelentes documentos:

Também tenha em mente que o jQuery foi originalmente projetado para facilitar a adição de comportamento dinâmico à páginas web relativamente simples. Conforme você constrói apps maiores, com comportamento mais complexo, pense seriamente em como organizar o seu código jQuery para que ele seja legível e extensível.

Categorías:
Para obtener más información sobre las optimizaciones del compilador, consulte el aviso sobre la optimización.