Intel® Active Management Technology Caso de Uso #2: Gerenciamento de inventário de software (Discovery)

A Tecnologia Intel® Active Management (Intel® AMT) melhora a precisão e a eficiência de inventários de software, aumentando o compliance com regulamentos existentes e economizando em custos de licenciamento. Esta melhoria evita imprecisões nas informações de inventário de software que podem impedir o compliance regulatório, levar a pagamentos indevidos de licenças de software e contratos de manutenção e falhar ao não identificar licenças de software superutilizadas ou subutilizadas.

A Intel® AMT supera as limitações as plataformas client gerenciadas tradicionalmente que podem dificultar os processos de inventário de software. Primeiro porque melhora a resistência à violação dos agentes de gerenciamento dos clients, agentes em que os consoles de gerenciamento de software podem confiar. Em segundo lugar, a Intel® AMT tem uma grande vantagem sobre os aplicativos convencionais de gerenciamento de clients, uma vez que ela está disponível independentemente do estado do sistema operacional, mesmo quando o cliente está desligado (desde que a alimentação CA e uma conexão LAN estejam presentes). O aumento da resistência à adulteração pelos usuários ajuda a garantir a precisão dos inventários de software. Juntos, esses recursos evitam o trabalho intensivo dos inventários manuais que seriam necessários para se obter precisão suficiente para cumprir com regulamentos governamentais e gerenciar as licenças e contratos de manutenção e serviço.

Este caso de uso ilustra como a Intel® AMT pode melhorar a robustez das atividades de inventário de software, para otimizar a utilização e assegurar o pagamento preciso de licenças e manutenção.

Limitações convencionais da Gestão de Inventário de Software

Ferramentas convencionais para o inventário de software trabalham apenas em modo in-band, ou seja, estas ferramentas requerem que o sistema de destino esteja operacional e falham se a plataforma estiver desligada ou se o sistema operacional estiver, de alguma forma, não funcional. Além disso, os usuários podem, intencionalmente ou inadvertidamente, remover os agentes de software, dos quais as ferramentas dependem. Além disso, 15-20% das plataformas de TI gerenciadas não são visíveis através da rede.

Como resultado, as organizações de TI tradicionalmente dependem de seus usuários para relatar os pacotes de software instalados, ou os funcionários de TI devem ser enviados até o local para realizar o inventário manualmente.

Não existe de forma persistente IDs únicos de software e não existe um sistema automatizado para comparar um ID com as informações de inventário de software em bancos de dados de gestão de ativos de terceiros.

Usando a Intel® AMT para superar essas limitações

Usando um aplicativo de gerenciamento de inventário de software de terceiros que suporte a tecnologia Intel AMT, um profissional de TI rastreia plataformas remotamente, independentemente do sistema operacional ou estado de energia. A Intel® AMT torna isso possível através do acesso remoto out-of-band (OOB) aos IDs de plataforma, de forma persistente e inviolável:

  • O software de terceiros, pode utilizar ferramentas in-band ou agentes para inventariar o sistema ou armazenar informações de inventário no repositório de dados de terceiros da Intel AMT.
  • Quando um sistema é encontrado usando a Intel AMT, o profissional de TI é capaz de reunir remotamente informações de forma precisa e rápida, permitindo à empresa o gerenciamento de suas licenças de software de forma mais eficiente e efetiva, bem como a otimização da utilização de contratos de manutenção e serviços.
  • Adicionalmente, informações de inventário precisas e no tempo certo permitem que o departamento de TI gerencie melhor as atualizações de software.

Principais Funcionalidades habilitadas pela Intel AMT em que se baseiam este caso de uso

A tabela a seguir resume os recursos e funcionalidades utilizados neste caso de uso, que são fornecidos pela Intel® AMT ou habilitados pela Intel® AMT em software de terceiros:

Característica Funcionalidade
Acesso out-of-band (OOB) Acessando o ID de ativo persistente e as informações sobre o inventário de software quando o sistema operacional está indisponível ou quando a plataforma está desligada. À partir do AMT 4.0, o discovery pode ser feito através da rede sem fios e também em estados Sx em Notebooks com a Tecnologia Intel AMT.
Inventário Remoto de Software Utilizando as informações residentes no firmware que listam ou apontam para as informações de inventário de software para a plataforma.
Armazenamento de dados de terceiros (3PDS) Permite que agentes de terceiros instalados na plataforma gerenciada ou o console de gerenciamento remoto usem espaço de memória flash dedicado para armazenar uma lista específica de software (por exemplo, atualizações de antivírus).
Agente inviolável Permite o acesso à informação de inventário com pouco risco de adulteração por um usuário.


A vantagem da Intel ® AMT

Utilizando plataformas Intel® AMT, um departamento de TI pode reduzir ou eliminar o inventário de software manual, fazendo auditorias de forma mais rápida, precisa e no prazo adequado. A Intel® AMT torna isso possível por meio do acesso remoto via rede aos IDs persistentes e invioláveis da plataforma, à lista de software residente no firmware e/ou chaves para o banco de dados de gerenciamento de ativos de terceiros.

Este conjunto de recursos melhora a precisão do inventário, independentemente da saúde do sistema operacional da plataforma ou do seu estado de energia. Informações mais precisas do inventário de software permitem um melhor controle de versão, reaproveitamento de softwares subutilizados e otimização de contratos de manutenção, licenciamento e gerenciamento de configuração. Além disso, facilita o cumprimento de regulamentações.

Valor de negócios da Solução Intel AMT

As organizações de TI podem obter economias substanciais dos custos de contratos de manutenção de software através da implementação de soluções baseadas na Intel® AMT. Estas economias são criadas aumentando a eficiência com as quais os contratos são aplicados.




Implementação do Caso de Uso de Inventário de Software

Descrição: Audite o inventário de software para otimizar a utilização e assegurar o pagamento preciso de licenças e manutenção. A Implementação deste caso de uso depende das seguintes condições prévias:

  1. Os clientes AMT habilitados estão alimentados eletricamente. Os sistemas estão em vários estados de S5, S4, S3, S1 e S0.
  2. Clientes não-AMT estão em vários estados de S5, S4, S3, S1 e S0.
  3. Todos os clientes estão ligados à rede.
  4. Um aplicativo de gerenciamento de ativos que suporta a Intel® AMT está configurado na rede.
  5. Clientes com a AMT estão instalados com os agentes Intel® AMT ISV.
  6. Um ID de ativos único permite comparações de conjuntos de dados (por exemplo, com o banco de dados de gestão de ativos de terceiros).
  7. Clientes com a AMT estão provisionados.
A implementação do caso de uso de Gerenciamento de Inventário de Software segue os seguintes passos:

Passo Workflow
1 O profissional de TI usa um software de gerenciamento de inventário de terceiros que suporta a Intel® AMT para descobrir plataformas com a AMT habilitada, através de comunicação remota, independentemente do sistema operacional ou estado de energia.
2 O Profissional de TI remotamente inicializa (boot) os clientes AMT habilitados em S1-S5 via AMT.
3 Usando uma console de gerenciamento de inventário de software de terceiros, remotamente, o profissional de TI usa tanto ferramentas in-band quanto agentes residentes no SO para coletar informações de software e armazena estas informações de inventário no armazenamento de dados de terceiros (3PDS).
4 Sistemas não habilitados com a AMT que estão atualmente em estado S0 podem ser rastreados. Sistemas não habilitados com a AMT que estão atualmente em estado Sx não podem ser rastreados.
5 Os agentes de software enviam dados de software para a console de gerenciamento.
Workflow Alternativo - Inventário Agendado
1 Usando um aplicativo de gerenciamento de software que suporta a tecnologia Intel® AMT, um evento programado inicia um evento remoto de ‘Wake’ para todos os sistemas habilitados com a AMT para acordar os sistemas, não importando seu estado de energia (Sx).
2 A console detecta automaticamente quando o sistema tiver concluído a inicialização do OS.
3 A console utiliza ferramentas in-band ou agentes residentes no SO para coletar informações de software e gravar essas informações de inventário no armazenamento de dados de terceiros (3PDS).
4 Continue com as etapas 4-5, acima.


As pós condições para um inventário de software são as seguintes:

  • O PC volta ao mesmo estado de antes da realização do inventário de software.
A tabela a seguir lista os workflows de software que são relevantes para o inventário de software. Cada fluxo baseia-se no Domínio WSMan, que é aplicável e mostrado em mais detalhes a seguir neste documento de caso de uso.

Fluxos de desenvolvimento de Software relevantes
Domínio de Interface WSMan
1 Fluxo de Discovery General Info
2 Escrita/leitura no armazenamento de dados de terceiros (3PDS) Storage
3 Controle Remoto de Energia Remote Control


O seguintes exemplos de código fonte do SDK fornecem exemplos dos componentes WS-Man envolvidos na implementação do caso de uso de auditoria de plataforma:
  • GeneralInfo
  • RemoteControl
  • Storage (API Test)
Informações adicionais sobre as características associadas com este caso de uso podem ser encontradas na documentação html do Intel® AMT SDK. Baixe e instale o SDK, abra o arquivo default.htm encontrado em ...\DOCS\Implementation and Reference Guide\. Sob a guia "Contents" selecione "Intel® AMT Features".
Para obter mais informações sobre otimizações de compiladores, consulte Aviso sobre otimizações.