Decole com seu emulador Android

Um problema comum para desenvolvedores de aplicativos Android é o desempenho do emulador, quanto mais processamento o aplicativo exige, pior é a experiência como usuário, em alguns casos, exigindo que o todo o desenvolvimento se ja feito diretamente num dispositivo real.

Mesmo para aplicativos simples o desempenho do emulador é importante porque o aplicativo não pode ser executado sozinho, qualquer teste exige carregar o sistema completo do Android. Testes que necessitam de interação com outros aplicativos também são afetados pelo desempenho do emulador devido às trocas de contexto.

Endereçando esse problema, a Intel ativou o uso de sua técnologia de virtualização também para emuladores Android* através do KVM para Linux e da engine HAXM, no caso do Windows e OS X. A tecnologia Intel VT-x já está presente nos processadores Intel há cerca de 5 anos, com a VT-x, o emulador Android consegue executar instruções a cerca de 80% da velocidade nativa do processador host, o que significa na prática um emulador cerca de 5x mais rápido.

Para quem tem computadores mais antigos verifique a lista completa de processadores com a tecnologia VT-x.

O uso da tecnologia Intel VT-x exige um driver no Kernel do seu sistema operacional para que as instruções emuladas tenham acesso direto ao processador. Visando atingir a maioria dos desenvolvedores Android* a Intel disponibiliza suporte aos principais sistemas operacionais: Windows, Mac OS e Linux.

Utilize a imagem mais recente do Emulador Android KitKat para arquitetura Intel ou, se preferir, pode usar uma das imagens mais antigas disponíveis nas referências abaixo ou através do Android SDK Manager. A engine HAXM funciona independente de qual imagem da Intel você utiliza, permitindo configurar seu sistema uma vez .

Siga nossas instruções para decolar hoje mesmo com seu emulador atráves da engine HAXM para Windows e OS X. Aprenda a configurar o KVM para utilizar a tecnologia VT-x para Linux em nosso blog post.

Referências:

Para obter informações mais completas sobre otimizações do compilador, consulte nosso aviso de otimização.

4 comentários

Topo
imagem de Jefferson F.

Muito bacana! Agora podemos fazer um depuração mais eficaz e tem uma ideia bem melhor de como a aplicação vai se comportar no equipamento.

imagem de Ricardo Braga

George, de fato o desempenho do emulador é tão ruim, que sempre testamos nossas apps diretamente nos smartphones. Obrigado pelas dicas!

imagem de Magno Fernando d.

Caro George Silva, muito obrigado mesmo pelo seu post. Ajudou muito.

imagem de anônimo

Artigo muito interessante. Acontece normalmente no dia a dia dos desenvolvedores profissionais que trabalham com Android.

Adicionar comentário

Tem alguma pergunta técnica? Visite nossos fóruns. Tem algum problema com o site ou produtos de software? Contato para suporte.